fbpx

Curso confeitaria gratuito Senai e Senac

Curso confeitaria gratuito

 

Todo brasileiro busca boas oportunidades no mercado de trabalho – e isso requer uma experiência acadêmica em muitos casos. Porém, algumas oportunidades também surgem de cursos técnicos preparatórios, como nos casos dos cursos do Senai e Senac.

 

Esse é o caso do curso de confeitaria gratuito. Cada vez mais o setor de gastronomia exige profissionais novos capacitados, com conhecimento o suficiente para fazer parte desse mercado cada vez mais competitivo.

 

E como bem você viu anteriormente, é gratuito! Um curso gratuito que pode fazer você entrar de cabeça no mercado é tudo o que precisa. Quer conhecer mais sobre? Continue com a leitura do artigo.

 

Como é o curso de confeitaria gratuito?

 

Trata-se de um curso gratuito oferecido pela Senac e Senai, como o Programa Senac Gratuidade (PSG), sem custos. Justamente por isso, é feito para um público baixa renda, sem condições de pagar por um curso profissionalizante.

 

Essa capacitação proposta pelo curso tem como objetivo ensinar aos alunos combinações de ingredientes e como usar técnicas de confeitaria. Isso abre precedentes para idealização de novas receitas no meio gastronômico.

 

E também é uma porta para iniciar uma nova carreira no mercado ou se especializar ainda mais na que já possui. Isso sem contar a renda extra que você terá tendo um conhecimento a mais da profissão.

 

O curso possui 300 horas/aula (pelo Senai costuma ser mais), com os seguintes conteúdos a serem trabalhados em sala de aula e laboratórios:

 

  • Organização do ambiente e dos processos de trabalho do confeiteiro;

 

  • Preparação das bases de confeitaria;

 

  • Preparação e finalização das produções de confeitaria;

 

  • Elaboração e preparação dos cardápios de confeitaria;

 

  • Participação no Projeto Integrador Confeiteiro.

 

O que faz um Técnico em Confeitaria?

 

O que de fato cabe a quem busca fazer e terminar um curso de confeitaria? Surgem ainda algumas dúvidas em relação às responsabilidades tomadas pelo confeiteiro. No entanto, muito do que faz é compartilhada com cozinheiros e outros profissionais.

 

E não, ele não só faz belos enfeites de bolos e quitutes, mas cuida de toda uma pequena estrutura nessa parte da gastronomia. Ele é responsável pela organização do processo de trabalho e dos produtos e matéria-prima.

 

Assim, ele cuida de tudo que será utilizado na produção de uma confeitaria específica. Caso, por exemplo, de preparar desenhos e decorações, assim como preparação e montagem de serviços envolvidos.

 

Até a produção em específico pode passar por seu crivo, como o uso ideal de ingredientes, respeitando origens e necessidades regionais.

 

Como conseguir gratuidade ou desconto nas mensalidades do curso?

 

Não importa o curso, ambos têm carga horária bem pesada, mas bastante completa. É uma área concorrida, disponível em todas as cidades do Brasil praticamente – e de graça!

 

Como se inscrever? Bem, há dois períodos para inscrição: uma no final do ano, para novas turmas do primeiro semestre e outra antes da metade do ano, para montar as turmas de segundo semestre do ano que vem.

 

E isso pelo Senai funciona de forma simples, basta entrar no site da Senai pela internet, realizando a inscrição no seguinte endereço: www.senai.br/portal/br/home/index.aspx.

 

Após isso, selecione o seu estado de residência, escolhendo a categoria alimentos e a modalidade de aprendizagem. Feito isso, basta apenas conferir todas as unidades que oferecem o curso com gratuidade.

 

Já pelo Senac tem uma estrutura mais específica: também possui um programa de gratuidade que oferece um bom curso, e gratuito, mas através de sites feitos para a localidade.

 

Se você é do Rio de Janeiro, o site é http://psg.rj.senac.br. Se você é de São Paulo, o site é https://www.sp.senac.br. E assim por diante, para cada estado.

 

No site, verifique os documentos obrigatórios e também o calendário de Inscrição e Matrícula para o curso. Feito isso, apenas se dirija para a unidade mais próxima e faça o processo de inscrição e matrícula.

 

Documentos obrigatórios:

 

  • Documento de identificação com foto (original e cópia);

 

  • Certidão de Nascimento ou Casamento (original e cópia);

 

  • CPF (original e cópia);

 

  • Documentos de escolaridade (varia de acordo com o curso).

 

Dessa forma, o curso de confeitaria gratuito se mostra uma opção mais tangível a quem busca entrar na área. Os programas do Senai e Senac podem de fato ajudar a isto.