fbpx

Curso gratuito mecanico de motos

Curso de técnico em motos gratuito

 

O mercado sempre atende aos mais diversos aspectos econômicos, seja criar algo novo, renovar algo velho ou fazer manutenção do que já foi feito. E dentro disso, surge um setor em específico: o técnico em motos.

 

Motos são um dos meios de transporte mais utilizados no Brasil e você vê isso só ao pôr o rosto para fora de casa. Mais barato que um carro, e também mais móvel, acabou se tornando meio de locomoção tradicional nas ruas.

 

E por isso, requer também uma manutenção tradicional. É dentro disso que o curso de técnico em motos surge como opção profissional. Quer saber mais sobre e como aproveitar de gratuidade ou desconto? Prossiga a leitura.

 

Como funciona o curso de técnico em motos?

 

Voltado para o conserto de sistemas mecânicos e elétricos de uma motocicleta, envolvendo também a tecnologia aplicada, esse curso é voltado para uma área promissora. Principalmente no Nordeste, região com maior número de motos.

 

O objetivo do curso é preparar profissionais para serem capazes de realizar manutenção de motocicletas e diagnosticar possíveis falhas e defeitos. Além disso, também deve realizar reparos nos sistemas mecânicos e eletrônicos.

 

Isso tudo sempre atendendo às normas e procedimentos técnicos estabelecidos, buscando proporcionar qualidade, segurança e meio ambiente.

 

O profissional formado nesse setor atua em áreas como indústria, revendas, oficinas mecânicas, empresas de inspeção e assistência técnica, além de prestação de serviços.

 

Assim, quem adentra no curso, se mostra capaz de atender a todo tipo de manutenção de uma motocicleta.

 

O que você aprende no curso de técnico em motos?

 

Eis um setor de atuação que sempre anda em constante mudança. Motos não são diferentes de carros, sempre é lançada uma nova geração, com mais equipamentos e visíveis melhorias.

 

Entender o tipo de moto que está trabalhando, seja um antigo ou mais novo, é necessário para uma boa manutenção.

 

Assim, é um curso que a primeira coisa aprendida é estar antenado às mudanças do mercado. O ingressado no curso de técnico em motos terá em mãos um conteúdo voltado para manutenção e reparo de motos.

 

Isso acaba envolvendo funcionamento e suspensão traseira/dianteira, sistema de ignição, funcionamento, componentes, equipamentos de testes e circuitos e diagramas elétricos do freio.

 

Além disso, você deve entender como funciona toda a manutenção e diagnóstico da falha. Todos os conceitos de reparo da composição técnica da moto são tratados aqui.

 

O conteúdo programático do curso é o seguinte (baseando-se no que é proposto pelo Senai):

 

  • Chassi de Motocicleta (40h);

 

  • Eletricidade Aplica à Automotiva (20h);

 

  • Eletricidade de Motocicleta (40h);

 

  • Injeção Eletrônica de Motocicletas (40h);

 

  • Metrologia Aplicada à Automotiva (40h);

 

  • Motor de Motocicleta (48h);

 

  • Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde (16h).

 

O mercado de trabalho para o técnico de motos

 

Segundo pesquisas, 72% dos alunos formados em cursos técnicos se encontram hoje empregados. No setor automotivo, os formados em cursos técnicos são ainda mais requisitados.

 

Motos possuem baixo custo e facilidade de manutenção, e por isso esse setor do mercado está sempre aquecido com funcionários. Isso é ainda mais visível no Nordeste, onde o número de motos ultrapassou o número de carros.

 

Por isso, é um mercado sempre quente para quem se especializa nessa área de atuação.

 

O que faz um técnico de motos?

 

Um profissional formado nessa área deve entender como funciona o mecanismo de uma motocicleta, se adaptando às novas tecnologias aplicadas, sem esquecer as antigas.

 

Ele deve propor a solução mais cabível ao cliente e fazer o reparo mais ágil do meio de transporte. Dessa forma, o técnico de motos deve ter um consistente conhecimento de mecânica e elétrica.

 

Como conseguir o curso gratuito ou com desconto nas parcelas?

 

A inscrição no curso é possível pelo Senai, onde é exigido a capacidade de adquirir o conhecimento necessário para manutenção e reparo de uma moto. Também é exigido ter ao menos 16 anos e Ensino fundamento I completo.

 

E claro, documentos padrões como Documento de Identificação com foto, CPF, comprovante de endereço e de escolaridade.

 

No site da Senai, confira em cursos por Mecânico de Motocicletas. Visualize a disponibilidade por região e demais informações necessárias sobre o curso (veja o site da Senai de sua região).

 

Conferido isso, vá na unidade mais próxima de casa e verifique a disponibilidade de turmas e oportunidades de inscrição.

 

Descontos para curso técnico podem variar: 15% para trabalhador associado ao Sindicato, 10% para indústria, 8% para indicação por estudante matriculado, 5% para grupo familiar e pagamento à vista.

 

Além disso, é possível contar com o Bolsa Senai, que costuma ser 100% integral para Aprendizagem Industrial e Cursos Técnicos. Dessa forma, não faltam opções para quem buscar entrar em curso de técnico em moto gratuito.

 

Confira mais no site da Senai: http://www.portaldaindustria.com.br/senai/.